Não é de hoje que as marcas utilizam pessoas influentes para divulgar serviços e produtos. Com o avanço da tecnologia e a crescente “onda”das redes sociais , esse tipo de marketing se torna cada vez mais promissor. 

Hoje, preparamos uma matéria para explicar mais sobre o assunto, vamos conferir?

O conceito do marketing de influenciadores é simples, as marcas firmam parcerias com pessoas que são referências em suas áreas para compartilhar experiências das empresas com os seus públicos, afetando na decisão de compra. 

Certamente, você já foi abordado no Facebook ou Instagram, por exemplo, por influenciadores oferecendo algum tipo de produto ou serviço, e a principal diferença dessa ferramenta para uma propaganda qualquer é a identificação que o público tem com esse profissional e a maneira com que ele aborda o assunto em questão, gerando credibilidade por parte do consumidor.

Mas, antes de você contratar um desse influenciadores, é preciso definir o objetivo da ação e como essa será recebida pelos consumidores alvos. Exemplos dessas metas podem ser aumentar a presença digital da empresa ou subir X% as vendas em determinado mês, mas isso vai depender das necessidades de cada marca. 

Feito isso, vem a parte de decidir qual meio será utilizado – redes sociais como Facebook e Instagram, blog ou Youtube são algumas opções, qual influenciador contratar e como inseri-lo em sua jornada de venda. Utilizar especialistas para fazer testes com o seus produtos é uma ótima ideia também. 

Listamos alguns estilos de influenciadores que podem ser utilizados, como exemplo:

  • Fit Celeb: pessoas famosas que tem conexão com a sua marca. O investimento tende a ser alto, mas o retorno é positivo;
  • Top Celeb: celebridades conhecidas, mas que não tem vínculo direto com a sua marca. Geralmente são utilizadas para medir a consciência do consumidor. 
  • Autoridade: tem muito conhecimento sobre o assunto que está falando, costuma atrair o público e gerar bons resultados.
  • Jornalista: costumam ter credibilidade e prestar um trabalho valioso.
  • Público interno: são os próprios funcionários da empresa. Bons para serem utilizados pelo conhecimento dos produtos e o baixo custo de investimento – uma vez que esses já recebem salário. 

 

Muitas marcas já adotaram a contratação de influenciadores para divulgar seus produtos. O que você acha de inserir essa prática para a divulgação da sua marca?