As primeiras hastes flexíveis de plástico biodegradável chegaram ao mercado brasileiro. O produto foi desenvolvido na fábrica da Mili em Três Barras (SC), onde está sendo fabricado. A embalagem com 75 hastes leva a marca Mili Love & Care e complementa a linha premium da fabricante paranaense, que compreende ainda fraldas descartáveis infantis, lençol higiênico descartável e toalhinhas umedecidas.

 

O plástico usado nas hastes torna-se biodegradável com a adição do composto d2w, que acelera a decomposição do canudo. O plástico leva de 100 a 200 anos para se decompor na natureza. Com o d2w, dependendo do meio, a degradação ocorre entre três meses e um ano.

 

Para garantir a rápida decomposição, o plástico não recebe aditivos químicos coloridos, por isso a haste flexível Mili Love & Care é transparente. Como o algodão das pontas das hastes é um produto natural, que recebe apenas tratamento antigermes, as hastes são 100% biodegradáveis. Até então o composto vinha sendo aplicado apenas em canudinhos para bebidas. Produzido na Europa, ele é certificado no Brasil pelo Inmetro e ABNT.

 

A inovação foi desenvolvida em conjunto entre as áreas de produção, marketing e comercial da Mili. Além de entregar ao consumidor um produto que não agride a natureza, a Mili também conseguiu oferecer um preço final competitivo com aqueles que usam o plástico tradicional.

 

A engenheira de produção Renata Kozanda explica que a embalagem descreve as características do produto que protegem a natureza, mas ainda assim incentiva o consumidor a fazer a reciclagem, separando as pontas de algodão das hastes antes do descarte. “O algodão utilizado vai para o lixo orgânico e o canudinho para o lixo reciclável.”

 

Controle de qualidade

 

A fábrica em que estão sendo produzidas as hastes biodegradáveis foi inaugurada pela Mili há um ano para desenvolver também suas linhas de lenços e toalhas umedecidas. Além de dois novos produtos lançados no ano passado com a marca premium Mili Love & Care, a nova unidade industrial permitiu à empresa reformular todos os itens relacionados. As embalagens foram redesenhadas para acompanhar as novas fragrâncias e formulações com mais emoliência.

 

A fábrica está localizada no complexo industrial da empresa, que ocupa cerca de 400 mil metros quadrados de área total em Três Barras, município no norte de Santa Catarina. Na unidade catarinense, a Mili garante o domínio total sobre a produção e o controle de qualidade dos lencinhos e toalhas umedecidas, artigos destinados à higiene íntima de bebês, adultos e idosos e que integram um mercado em franco crescimento no mundo todo.

 

A empresa é a maior indústria de papel tissue do Brasil em capacidade instalada de produção, segundo a consultoria Fisher International. Há sete anos consecutivos, a Mili é também a indústria que mais vende papel higiênico no país, sendo reconhecida como campeã de vendas pela Abras (Associação Brasileira de Supermercados) em ranking organizado pela Nielsen.