Que o Uber é uma empresa multinacional americana que presta serviços relacionados a transporte privado urbano feito por um aplicativo todo mundo já sabe. Mas a grande novidade é que a marca anunciou a aquisição da participação majoritária da empresa chilena de entregas de supermercado Cornershop. O negócio deve ser finalizado até o início de 2020.

Dara Khosrowshahi, CEO da Uber, deu o seguinte depoimento: “Seja para pedir uma viagem, comida do seu restaurante favorito e, em breve, produtos disponíveis nos supermercados na porta da sua casa, queremos que a Uber seja o sistema operacional para o dia a dia de nossos usuários”. 

O serviço de entrega de compras já foi utilizado pela empresa em 2014, quando a startup lançou o Uber Rush. Entretanto, o projeto acabou não dando certo, se limitando a Nova York, Chicago e São Francisco e se encerrando em 2018.

Ainda segundo Khosrowshahi, a compra representa mais um passo da Uber para se tornar um marketplace. Outras categorias também serão estudadas e novidades virão.

Com a compra, a Uber reforça ainda mais os seus serviços, que já conta com delivery de comida (apenas restaurantes) e demonstra que está em atualização constante. A empresa se posicionou dizendo que tem planos para deixar de ser apenas um aplicativo de corrida para se tornar um sistema operacional do dia a dia. 

E você, gostou da novidade? Se tudo der certo, no começo do ano que vem já poderemos usufruir da nova modalidade de serviço.