Investir nas vendas por plataformas digitais foi a alternativa encontrada por 70% das empresas de pequeno porte durante a pandemia do Coronavírus. Os dados são de uma pesquisa realizada pelo Sebrae com a Fundação Getúlio Vargas, sobre como os empresários enfrentam a crise.

O uso das ferramentas digitais foram a solução para gestão do negócio e gestão dos clientes por micro e pequenas empresas, além dos MEIs. 

O aumento na atuação no ambiente virtual foi maior nos setores de energia (37%), beleza (27%), educação e construção civil (20%). Além disso, as plataformas já conhecidas foram as mais utilizadas durante a crise:

WhatsApp – 84% de adeptos

Instagram – 54%

Facebook – 51%

Sites próprios – 23%

O presidente do Sebrae, Carlos Melles, destacou que o uso das plataformas mais conhecidas foi motivado também pela consideração dos custos de manutenção e confiabilidade das ferramentas.